30 July 2007

Se ...

Se tivesse que haver um paraíso
esse seria um lugar, seria também
um momento, um gesto, um sentir.
A viver um paraíso, esse seria o
tempo que tenho, num lugar onde
estou, num momento mais ou menos
extenso, em gestos que acolho e
noutros que dou, enquanto respiro.
Pois os paraisos estão, vêm,
sentimos e vivemos, damos e
recebemos, porque ... somos!

1 comment:

Andromeda said...

Muito lindo estes últimos! Já tinha saudades. Um abraço