17 May 2007

A Manifestação de hoje


Irei a qualquer acto que demonstre a indignação por esse acto também. Irei cantar canções alegres a favor do respeito por todos, maior ainda pelos animais. Se pudesse contaria histórias de horror a que sujeitamos esses animais na barbárie da humilhação pública, regozijo dos frustrados, escape dos rancores dos cobardes. Chamar arte áquilo, é o insulto maior que se pode dar à Arte. Clamar tradição é não saber História e esquecer a época em que até os cavalos eram esventrados no mesmo circo para regozijo das multidões alienadas e em histéricas. Confundir tradição com reminiscências de circo romano, é estar distante da realidade actual. O marialvismo é a necessidade dos que não se afirmariam doutra forma. Confundir Tradição com estes actos, é nem sequer ter certeza das suas origens. Sou sim a favor da vida com respeito e cheia de actos de Amor e mais ainda sou a favor da morte com a máxima Dignidade.
«Só pode permanecer como tradição o que engrandece a humanidade e não os costumes aberrantes que a degradam e a embrutecem.»
"José António Barreiros"
Envergonho-me do tempo em que aceitei, sem contestar, sem me levantar a favor destes animais, sem ter coragem para dizer chega!

.

5 comments:

Giorgia said...

hoje, sem força para me indignar, vim apenas enconstar a cabeça ao teu peito por um bocadinho...

beijo

José António Barreiros said...

Obrigado por me citar e obrigado pelo comentário.
Um abraço
jab

carmo said...

É hora de acabar com mais uma das razoes da nossa pequenez

Lanayash said...

Indignar-se faz parte ...vida,viver.Só não sei se feliz ou infelizmente.A nós resta o consolo de ao menos tentarmos.

isabel mendes ferreira said...

um prazer encontrar aqui um grande amigo meu....:)))))))))))). o JaB....



________________________


beijos.

e subscrevo. tudo. claro.