15 November 2006

Fervilham as ideias, trazem-me duvidas sobre como começar. Sempre soube que em qualquer situação, da mais pequena à mais gigante, o passo mais difícil, o que antecipa, o que rasga, o que abre, o que espreita, o que decide, é este, o primeiro. Fico aqui, tentando imaginar como será, o que poderá vir a acontecer, virá por certo a acontecer. Agora... já cá estou!

1 comment:

BlahBlahBlah said...
This comment has been removed by the author.