29 November 2006

Na Amazónia

Fotografia João Gregório

Do olhar

Curvo suavemente ao correr da margem,
cintilam reflexos do tempo feitos luz,
que despertam de vida e acção,
relembrando o todo que se esconde.

Mundos discretos, movimentos de vida,
olho para além do obvio, do que parece,
a descoberta revelada em momentos fugazes,
destapados pelo olhar e o cair da fronteira.

Reolho-me, entrevejo-me, observo-me,
sou a ponte entre estes mundos
feitos num só, indissociados,
que me dão a conhecer o EU.


"MC"



.

1 comment:

Mendes Ferreira said...

e de repente uma saudade doída....


desta água densa redonda quase como um óleo....


obrigada.



bom reconhecer o blog.

:))))
_____________boa noite.